sábado, 4 de dezembro de 2010

Depressão, sim...ela voltou

É complicado falar sobre isso.
DEPRESSÃO.
É complicado saber que tudo está bem, que a minha filha é linda, está ótima, que tenho um marido que me ama, que tenho saúde, que tenho casa, família, e que , mesmo assim, me sinto terrivelmente triste.
Que essa tristeza toma conta da minha alma.
Que isso dói.
Que é difícil saber que o problema sou eu.
Tá aqui dentro.
Ninguém pode tirar, ninguém pode fazer nada pra melhorar.

Me sinto culpada por não conseguir colocar isso pra fora, por não conseguir resolver, por não ter forças para me libertar disso.
Mas tem horas que a gente quer só dormir, ou quem sabe sumir, congelar  o tempo, sei  lá.

Minha filha sorri pra mim.
Nas horas que eu choro, ela me abre aquele lindo sorriso banguela.
E isso me desarma.
Nessa hora eu sei que não posso me entregar.
Mas é difícil.
Só quem sente, sabe.

10 comentários:

Agnes, Mãe do Pedro Henrique disse...

Espero que melhore logo, nunca passei por isso, então não posso ajudar nem em palavras!
mais pensa na sua linda bebe!
tudo vai da certo!

Camila disse...

Sa, conversa com seu GO. Conte que vc está deprimida e peça um remédio. Até hoje eu tomo Equilid, um antidepressivo (que por acaso ajuda na amamentação), receitado pela minha Go no 10 dia de vida da Olívia pq eu estava com um baby blues forte que poderia evoluir para depressão.
Tenho certeza de que vc vai se sentir muito melhor!

Renata Sakura disse...

oi sabrina, nossa que chato heim? depressao vixe... ainda bem que vc tem a sua nenem pra te desasrmar..

sou treinante, vi seu cantinho aki , achei fofo estou te seguindo me segue??

http://mamaeenenem-bambinoangelicchio.blogspot.com/

beijos e se cuida.. pra depre? muita paciencia..

Amanda disse...

Oh amiga... pede ajuda para a GO sim... ninguém merece passar por isso muito menos vc...
Bjs

Mamãe Élen disse...

Querida, eu só descobri minha depressão pós-parto quando meu filho estava com 8 meses. Nem fui ao GO, fui direto a um psiquiatra. Não aguentava mais chorar, sentir aquele aperto no peito, aquela angústia. Hoje estou curada, meu filho está com 1 ano e 10 meses e estou grávida novamente, com 31 semanas, de uma menininha. Procure ajuda médica. Beijos e melhoras!

Cris Fagá disse...

Sà, nao se sinta culpada.
As vezes a gente se sente assim, e nao tem problema nenhum nisso.
Primeiro: Converse com seu médico.
Enquanto isso, tente se lembrar do que voce gosta de fazer. E faça. Como eu disse, voce é mae, mas tambem é mulher, é ser humano. Quando os filhos da gente nascem a gente se esquece disso e acha que para ser uma boa mae, temos que ser super maes... nao, nao e nao.
Tente se lembrar do que voce gostava de fazer e se de de presente isso...

Um presente para nós dois disse...

Poxa, espero que passe logo viu flor.
Estarei orando por vc.
Bjs

Baby Cebolinha (mamãe Menta) disse...

Sá, sei como é esse sentimento e que nem sempre é fácil superar, por mais que a gente tente se animar com as maravilhas que estão à nossa volta,como nossos filhos.Mas é importante, por eles, que a gente tente e se esforce ao máximo. Sua filha precisa de você, do seu calor, do seu amor. Se achar necessário,procure ajuda médica, ok? beijos

Adriana Bandeira disse...

Complicado. Eu acho que serei uma candidata ao mesmo problema. Não existe um motivo, a depressão simplesmente nos ataca. Receba meu abraço e jamais meu julgamento. Apenas desejo melhoras pra você, querida!

bjs doces!

Angi disse...

Oi
seu blog é um amor!
Sobre depressão, eu acho que o melhor que você pode fazer, é procurar um psiquiatra,com certeza você desabafando já vai adiantar muito, e talvez seja bom algum medicamento!
E sempre que quiser desabafar,escreva aqui, ou me escreva, que isso é muito bom!dá uma aliviada!
beijos

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...